DIARINHO Online

Pular para o conteúdo

04h11 - Sábado, 25 de Outubro de 2014.

Acesso do Assinante

Esqueceu a senha? Clique aqui.

NOTÍCIAS QUENTINHAS

Cadernos > NOTÍCIAS QUENTINHAS > "Hoje, eles não poderiam realizar esse evento", diz o chefão do Ibama

BEM QUE A GENTE AVISOU

"Hoje, eles não poderiam realizar esse evento", diz o chefão do Ibama

11/10/2012 - 08:30 - Atualizado em 11/10/2012 - 08:43

Tamanho da letraBotão para diminuir a letraBotão para aumentar a letra

Declaração do superintendente do Ibama, Kléber Isaac Silva de Souza, confirma que, até ontem, a festona eletrônica Dream Valley Festival tava proibida de rolar no Beto Carrero World

“O processo deles têm uma notificação de proibição e, neste momento, ela está validada, está rígida”. A declaração, que não deixa dúvidas sobre a atual situação do evento Dream Valley Festival, é do superintendente do Ibama em Santa Catarina, Kléber Isaac Silva de Souza, que recebeu a reportagem na sede do órgão, em Florianópolis, na tarde de quarta-feira. Ele explicou os problemas que envolvem a festa eletrônica no Beto Carrero World, na Penha, marcada para os dias 16 e 17 de novembro. O chefão ainda negou que a questão estivesse “encaminhada e esclarecida”, como divulgaram maciçamente nas redes sociais os organizadores do evento. A saúde da fauna do zoológico, que possui mais de 700 animais de várias espécies, foi o motivo pra notificação da proibição, entregue à diretoria do parque no mês passado.
Como o jornal mais lido do mundo já havia publicado no início da semana, a festona de música eletrônica ainda não tem o ok do Ibama pra acontecer no parque Beto Carrero World. O evento pode reunir cerca de 25 mil pessoas numa área de 1500 metros quadrados, mas fazer isso acontecer não será tão fácil assim, como explica o mandachuva do órgão em entrevista exclusiva ao DIARINHO.

DIARINHO – Alguns organizadores do Dream Valley Festival chegaram a anunciar que a liberação da festa está encaminhada. Qual a atual situação da festa no Beto Carrero?
Kléber de Souza – Não há acordo. Fizemos duas reuniões no mês passado com a diretoria do parque e os organizadores. O processo deles têm uma notificação de proibição e, neste momento, ela está validada, está rígida. Hoje, eles não poderiam realizar o evento. Não nos moldes do projeto que foi apresentado ao Ibama no início de setembro. O que eles têm que fazer é um estudo de uma questão ambiental, principalmente com relação ao som. Eles têm que demonstrar que esse som não vai afetar os animais. Apenas o zoológico do parque é licenciado pelo Ibama, não o parque temático. Apesar da festa não ser dentro do zoológico, ainda assim, pode afetar os animais.

DIARINHO – Como o Ibama foi informado do evento?
Kléber – Recebemos denúncias sobre o evento e fomos fazer a vistoria. Os organizadores não informaram o Ibama antes de começar o projeto. Então, a notificação do Ibama foi para evitar o dano ambiental. O ideal seria que os realizadores fizessem uma consulta prévia ao órgão, até pela proximidade com o zoológico e pelo fato de uma festa dessa nunca ter sido realizada no estado.

DIARINHO – Como será a avaliação do novo projeto que os organizadores prometem entregar?
Kléber – Essa questão da interferência que o som pode causar é bem técnica e precisa ser avaliada com cuidado. Nesses casos, os animais podem até morrer, dependendo da frequência e intensidade do som, e também de como o barulho pode interferir na vibração do solo e das águas. Nós temos profissionais que entendem razoavelmente do assunto, mas uma equipe dedicada exclusivamente nessa área de acústica nós temos apenas na sede em Brasília. Eles disseram que vão trazer aparelhos de fora que podem modular o som em três dimensões. Dependendo de como for a apresentação, nós teremos que enviar ou não o projeto para Brasília.

DIARINHO – Quanto tempo o Ibama tem para analisar o projeto?
Kléber – Nós devemos colocar isso em pauta para análise. A rigor, o prazo pode demorar 30 dias ou até mais. Como é um caso multidisciplinar, que precisa ser avaliado por engenheiros e biólogos, fica ainda mais complicado. Mas, caso entreguem o projeto ainda esta semana, esperamos ter um resultado até o início de novembro.

DIARINHO – O que o Ibama pode fazer, caso o novo projeto seja reprovado ?
Kléber – Se eles persistirem em realizar o evento, nós podemos acionar a polícia Federal. Por contrariar uma notificação do Ibama, a multa para o parque seria em torno de R$ 1 milhão. No entanto, se houvesse qualquer tipo de dano aos animais, ainda caberia responsabilizar os representantes do parque e da organização da festa.

Notificação comprova veto atual à festona
No início de setembro, uma equipe da divisão Técnica do Ibama (Ditec) vistoriou a área onde os organizadores querem fazer a festa eletrônica. No entanto, os técnicos não ficaram satisfeitos com o que viram e isso foi parar na notificação emitida aos diretores do parque Beto Carrero no dia 13 de setembro. O DIARINHO teve acesso a uma cópia da notificação que comprova o veto (no detalhe).
O documento contrapõe a afirmação do diretor do parque, Victor Hugo Loth, que negou a proibição na última terça-feira. “Não estou sabendo de proibição ou de notificação alguma do Ibama”, disse à reportagem, um dia após a própria assessoria de imprensa do parque confirmar que houve uma vistoria e que recebeu a notificação do órgão ambiental em setembro.
A analista ambiental do Ibama, Gabriela Brêda, também participou da entrevista com o superintendente ontem e foi a responsável pela fiscalização. “Após denúncias de moradores, nós avaliamos o local e proibimos a festa. Pelo que nos passaram, a festa será a 180 metros do zoológico e isso é inviável. Eles ficaram de fazer um novo projeto e nos entregar, mas terão que comprovar que os animais não serão afetados”, disse Gabriela.
Além de não ter licença do Ibama, a festa também não possui alvará da polícia Civil, que cobra pela segurança aos participantes e moradores do entorno do parque. Os organizadores do Dream Valley Festival continuam vendendo ingressos, que podem chegar a R$ 655. Em nota, a RBS Eventos - uma das empresas responsáveis pela festa - informa que entregou ao Ibama, na tarde de ontem, um novo projeto acústico. A empresa garante que constam várias medidas de controle ambiental a serem tomadas pelos responsáveis pelo evento.

SÓ SE FALA NISSO
galera tá falando da polêmica

A notícia da proibição da festona caiu como uma bomba na região e movimentou centenas de internautas nas redes sociais. Até o fechamento desta edição, a página do DIARINHO na rede social Facebook registrou que a notícia do veto do Ibama ao Dream Valley Festival alcançou mais de 12 mil pessoas. As postagens sobre o assunto tiveram quase 1000 compartilhamentos, 290 comentários e 308 curtidas de internautas. A maioria aprovava a decisão do Ibama.
Além do bafafá na internet, representantes de ONGs da região devem se reunir hoje na câmara de Vereadores de Itajaí para discutir o veto do Ibama. “Nós estamos conversando com vários representantes de organizações de defesa dos animais. A ideia é produzir um documento e depois encaminhá-lo para a promotoria do Meio Ambiente de Piçarras, que é responsável pela área do parque. Eles precisam escolher se querem festas ou o zoológico. Os dois não podem ficar no mesmo lugar”, lasca Roberto Pereira, presidente a associação Itajaiense de Proteção aos Animais (Aipra). A reunião na casa do povo será às 18h30.

Alerta
Em novembro do ano passado, uma experiência de realizar festa eletrônica em lugar que tem zoo não deu certo. Dois golfinhos do zoológico Connyland, na Suíça, morreram por overdose de heroína após uma rave no local. Os bichos foram envenenados pelos festeiros.

Tags

Dream Valley Festival, Beto Carrero, Música Eletrônica



Ler mais matérias de NOTÍCIAS QUENTINHAS

(David T. Silva)

Fotos




Comentários

Você precisa ser um usuário cadastrado no portal para visualizar e enviar comentários. Se você tem cadastro faça o login aqui. Se ainda não é cadastrado, clique aqui.



Voltar

Site auditado pelo IVC

Política de privacidade | Termos de uso | Central do assinante | Dúvidas frequentes | Anuncie | Mapa do site | Expediente | Fale conosco

  Curta o DIARINHO no Facebook DIARINHO 2013. Todos os direitos reservados. Desenvolvido por

www.diarinho.com.br